quarta-feira, junho 13, 2007

O Que é... MBA??


Profissionais estão cada vez mais procurando os cursos de Master in Business Administration para sua especialização e boa colocação no mercado de trabalho. Mas o que é MBA? Onde fazer? O curso vale a pena?


"Vale. Para quem está de olho em boas oportunidades de trabalho, o investimento de tempo e de dinheiro em um bom curso de pós-graduação em MBA (Master in Business Administration) já é meio caminho percorrido sobre a imensa estrada da competitividade profissional. O MBA é um título de especialização em gestão de negócios - em diversas áreas como finanças, marketing, logística, recursos humanos, agronegócio entre outras -, que capacita o profissional a atuar como um executivo em seu segmento. De acordo com um levantamento pela Organização e Sindicato das Cooperativas do Paraná (Ocepar), e divulgada na edição número 59 da revista Você S/A, há dez anos os gerentes das cooperativas paranaenses tinham apenas o nível secundário. Hoje, praticamente todos têm 3o. grau completo e pós-graduação. "É a competitividade do mercado que está fazendo com que as empresas procurem profissionais especializados e capacitados em gerir o negócio, a equipe, além de apresentar resultados", resume o economista, professor e coordenador do curso de MBA em Agribusiness da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Mauro Lopes.Hoje, existe uma série de cursos de MBA à disposição dos interessados. Cursos que podem durar um ano, um ano e meio ou até dois anos, caso haja a opção de um estágio fora do País. "É preciso que o candidato escolha uma boa escola para cursar o seu MBA. Isto pesa muito em seu currículo", alerta o professor Lopes. Porém, o custo de um curso de alto calibre pode pesar ao bolso do profissional. A mensalidade de um curso MBA em uma boa escola não sai por menos de R$ 1 mil. "Este investimento é recompensado depois com as boas oportunidades de trabalho", garante Lopes."



"É um curso que não vai deixar você sair de uma entrevista com um sorriso amarelo.

Ao concluir um curso universitário nos Estados Unidos, a pessoa recebe um degree. Se o curso for numa área ligada à administração de negócios, esse degree é chamado de Business Administration, ou, abreviando, BA. No Brasil é a mesma coisa: o formando recebe um grau, e a cerimônia de conclusão do curso é chamada de "colação de grau", sendo que essa "colação" nada tem a ver com o fato de alguém ter colado para passar de ano. Ela vem do latim collatione, "comparação". Significa que o colado adquire o direito legal de ser equiparado a qualquer profissional da área. Mas aí o americano pode decidir que não quer apenas se comparar aos demais, mas se sobressair, e para conseguir isso ele terá de fazer um novo curso. Curso que, no Brasil, até pouco tempo, nós chamávamos de pós-graduação. Lá, esse curso suplementar permite colocar uma outra letrinha antes do BA: o M, de Master. Portanto, o BA dá direito a um degree, e o MBA a um pedigree.
Como todo mundo já percebeu, a sigla MBA colou no mercado de trabalho brasileiro, e o resultado prático disso é que nossos cursos de pós-graduação mudaram de nome. Mas muita gente recém-formada se pergunta se, depois de quatro longos anos de "facu", é mesmo necessário encarar mais dois de MBA. A resposta é "sim", e com ênfase absoluta. Mas, para entender exatamente por que, é preciso fazer uma profunda pesquisa de campo. A pessoa interessada deve se dirigir a um supermercado, procurar a seção de perfumaria, e parar diante da prateleira onde estão os creme dentais, vulgo pasta de dente.
E, quando isso acontece, a área de marketing tem de entrar em ação para criar um "fator diferencial da marca". Foi o que fez a turma da empresa líder do setor, a Colgate: lançou o Colgate com gardol. Um sucesso instantâneo. Isso forçou a vice-líder Kolynos a reagir, o que ela conseguiu ao colocar no mercado o Kolynos com clorofila. E a competição esquentou de vez quando, logo em seguida, apareceu uma terceira marca, Signal, que tinha hexaclorofeno! Embora nenhum consumidor soubesse exatamente qual era o real impacto daqueles três ingredientes no seu teclado bucal, a verdade é que em pouco tempo ninguém mais queria consumir uma pasta de dente que não oferecesse um "algo mais". E isso obrigou as demais marcas a inventar um "componente x" qualquer, o que é a regra do mercado até hoje. Dê só uma olhada aí na prateleira. O creme dental Phillips, por exemplo, tem LMP, e um asterisco na embalagem explica que isso é hidróxido de magnésio. Você sabe o que o hidróxido de magnésio faz? Nããão?
Pois é exatamente o mesmo que um MBA faz por sua carreira: chama a atenção, diferencia, impressiona.
De certa forma, um profissional é como um tubo de dentifrício, que se expõe para chamar a atenção do consumidor final de seu talento - a empresa - com o currículo funcionando como um outdoor. E, assim como o mercado de consumo adotou os hexaclôs e lemepês, o mercado de trabalho se encantou com os mebeás. E com o mercado não se discute, adapta-se. Na hora da entrevista para um novo emprego, gardóis e mebeás têm a mesma finalidade: evitar que o pretendente seja rejeitado e aí tenha que dar aquele sorriso amarelo..."


*Existem diversos MBA's em Secretariado Executivo em vários cantos do Brasil. Não achei nenhuma lista completa desses cursos. No fds pretendo preencher as lacunas do que encontrei em outros sites e colocarei aqui para vcs.

*No site secconsultoria, vcs encontrarão uma lista com algumas opções de pós-graduação.

* Para quem se interessa em fazer pós-graduação nos Estados Unidos, vale a pena conferir :http://www.sk.com.br/sk-mba.html .

4 comentários:

LUMA disse...

Oi Daniela! sempre entro aqui mas nunca comentei... bem, gostaria de elogiar seu trabalho, o blog é otimo e ja esta entre meus favorites. posso te add no msn p/ conversarmos melhor? estou pensando em fzr secretariado aqui no rio, mas tenho algumas duvidas. abraços

Mahh - PE disse...

ahhh sim o tal do MBA!! nao sei se vou fzr, na verdade axo q nao aguento ficar mais doias anos estudando!hahahahaha
seria comico se nao fosse tragico, mas é a real!

akaline disse...

Dani, Bom dia. Achei seu blog pois estou procurando um MBA em Secretariado. Sou formada em Serviço Social e tb em Secretariado. Trabalho em uma cooperativa médica e agora em outubro fui nomeada para assumir o cargo de secretária em um órgão público. Vou te add no msn. Um abraço. Akaline

Cris Prelle disse...

Tambem estou à procura de um MBA em Secretariado Executivo mas nao consegui achar muitas opções ou talvez não soube procurar direito.
Também fico na dúvida sobre o peso de um curso "on line", será que ele tem tanto reconhecimento quanto um presencial?
Acabei de retornar da Inglaterra onde morei pelos últimos 4 anos e estou disposta a seguir carreira na área.
Adorei teu blog, muito interessante.